Bolão Imóveis Bruc Internet - Desenvolvimento de Sites e Sistemas Objetiva Imóveis
Pesquisar
...
 
Informações
... Cidade
... Como Chegar
... Esportes
... Turismo
... Galeria de Fotos
 
Endereços
... Clube
... Construtora
... Hotel
... Imobiliária
... Internet
... Cad. de Empresas
 
Notícias
... Destaques
... Esportes
... Geral
... Policial
... Política
... Rápidas
... Turismo
 
Serviços
...Imóveis
...Tábuas das Marés
...Previsão do Tempo
...Previsão das Ondas
...Cadastre-se
...Contato
 
Policial
05/12/2008 :: Policia Civil Combatendo Criminalidade
Fonte: Jornal de Guaratuba
A Policia Civil de Guaratuba, preocupado com a onda de criminalidade que vinha assolando nossa cidade, iniciou várias operações com intuito de diminuir a criminalidade e proteger o povo guaratubano.
Segundo Almir a antecipação da Operação Papai Noel, é uma medida para proteger os comerciantes de nossa cidade, mesmo sabendo que não vamos conseguir zerar a criminalidade, é nossa obrigação tentar chegar o mais próximo de zero.
Bico Fino foi submetido a um interrogatório pela Policia Civil, como Almir havia comentado semana passada e confessou vários crimes cometidos por ele e seu bando, que já foram todos identificados, e nos próximos dias deveram ser preso, trazendo mais tranqüilidade ao nosso povo.

Bico Fino confessou que em companhia de outros dois delinqüentes, invadiram a relojoaria Casa Grande na área central e após darem voz de assalto aos proprietários roubaram várias jóias além de dinheiro. Invadiram também a loja W90, onde após darem voz de assalto e amarrarem as pessoas que estavam no interior da loja, roubaram vários objetos. Bico Fino confessou também terem assaltado uma casa lotérica na Rua Nicolau Abagge, duas vezes em uma farmácia no bairro Piçarras, uma empresa de marmoraria, um mercado no bairro Cohapar, dois vendedores de pizza, duas lanchonetes na área central, e confessou também vários assaltos a pedestres, onde roubaram celular, tênis, dinheiro e até roupas que as vitimas estavam vestindo.
Durante o interrogatório Bico Fino confessou ter matado o elemento de nome Denis, em um beco da Rua Emilia de Menezes com cinco tiros, narrou durante o interrogatório que enquanto Denis corria para não morrer, o mesmo efetuava os disparos, segundo Bico Fino, Denis foi morto porque lhe devia R$ 180,00 (cento e oitenta reais), confessou ainda que juntamente com Gege mataram João Inácio, nas proximidades da sua casa, segundo Bico Fino os tiros que mataram João Inácio foram disparados pelo próprio e também por Gege.
:: Voltar ::
:: Indique esta notícia para um amigo(a)
:: Envie seus comentários a respeito desta notícia
Veja todas as notícias
| Destaques | Geral | Esportes | Policial | Política | Turismo |
Copyright © 1998 - 2008 Bruc Sistemas para Internet Ltda. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bruc Internet
Patrocinadores