JL Massaro Bruc Internet - Desenvolvimento de Sites e Sistemas Objetiva Imóveis
Pesquisar
...
 
Informações
... Cidade
... Como Chegar
... Esportes
... Turismo
... Galeria de Fotos
 
Endereços
... Clube
... Construtora
... Hotel
... Imobiliária
... Internet
... Cad. de Empresas
 
Notícias
... Destaques
... Esportes
... Geral
... Policial
... Política
... Rápidas
... Turismo
 
Serviços
...Imóveis
...Tábuas das Marés
...Previsão do Tempo
...Previsão das Ondas
...Cadastre-se
...Contato
 
Policial
13/08/2008 :: Suspeito de aplicar golpe de mais de R$ 80 mil em Curitiba é preso no litoral
Fonte: Agência Estadual de Notícias
Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC), prenderam um suspeito de aplicar golpes de mais de R$ 80 mil, em duas médicas, em Curitiba. Sarkis Calaigian, 39 anos, foi preso em Guaratuba, no litoral do Estado, depois de ter sido denunciado por uma das vítimas.

De acordo com o delegado operacional da delegacia Geraldo Celezinski, a médica, que pediu para não ter seu nome divulgado, disse que conheceu Sarkis pelo site de relacionamento orkut. Os dois marcaram encontro e, nele, o acusado teria dito que era economista especializado em aplicações na bolsa de valores de São Paulo. “Com isso, ele conseguiu R$ 60 mil da vítima que teria pedido a ele para fazer as aplicações em nome dela”, explicou o Celezinski.

Ainda segundo o delegado, Sarkis teria sido apresentado a uma amiga da médica e os dois começaram a namorar. A mulher que também é médica teria entregado ao acusado R$ 20 mil, para ser aplicado na bolsa de valores de São Paulo. “Há dois meses, os dois passaram a morar juntos e, com isso, a primeira vítima perdeu contato com o suspeito. Como ela não sabia o que tinha acontecido com seu dinheiro e sabendo que ele estava morando com sua amiga, procurou a policia, informando o provável paradeiro dele”, contou o delegado.

CONVERSA – De acordo com a polícia, o acusado conseguiu enganar as duas médicas. “Ele tem uma lábia muito boa e assim conseguiu enganar a vítima”, comentou Celezinski. O casal foi passar um fim de semana no litoral, onde foi surpreendido pela equipe da delegacia. Em Guaratuba, a polícia prendeu Sarkis dentro do apartamento onde estava com a médica.

Na delegacia os policiais levantaram os antecedentes dele e descobriram que ele já responde a inquéritos por estelionato nas cidades paulistas de Araçatuba, Birigui, Santos e São Paulo. Em Santos, ele foi indiciado por estelionato e rufianismo (agenciador de mulheres). Segundo a polícia, ele oferecia serviços de garotas de programa via orkut e teria enganado um turista alemão, que estava no Rio de Janeiro. O turista teria pagado a Sarkis por um programa que não aconteceu.

A polícia informou que, em Curitiba, Sarkis trabalhava como fotógrafo free-lancer para revistas de boates. “Como tinha conseguido ludibriar e seduzir uma de suas vítimas, que lhe deu dinheiro e moradia, ele estava tranqüilo achando que não seria encontrado”, explicou.

O delegado disse que no momento da prisão a médica que estava com ele não acreditava que Sarkis era um falsário. “Para ela estava tudo bem”, complementou Celezinski.

Ainda segundo o delegado que chefiou as investigações, um dos maiores problemas é que as vítimas, além do medo, ficam com vergonha de procurar a polícia. “É quase certo que existem outras vítimas. Com a divulgação desta prisão, é possível que elas apareçam”, finalizou.

A polícia continua as investigações para descobrir se existem mais golpes aplicados pelo acusado que foi indiciado em flagrante por estelionato e recolhido ao Centro de Triagem II em Piraquara, onde aguardará por decisão da Justiça.
:: Voltar ::
:: Indique esta notícia para um amigo(a)
:: Envie seus comentários a respeito desta notícia
Veja todas as notícias
| Destaques | Geral | Esportes | Policial | Política | Turismo |
Copyright © 1998 - 2008 Bruc Sistemas para Internet Ltda. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Bruc Internet
Patrocinadores